Dicas de Obra, Ferramentas

Compactador de Solo: manual de A a Z

Tudo que você precisa saber sobre Compactador de Solo

Antes de iniciar uma obra, é necessário preparar o piso ou o solo que receberá a cobertura, certo? Para realizar essa preparação, é preciso utilizar equipamentos adequados, que façam a compactação de forma adequada e correta. Cumprir essa etapa de forma satisfatória é essencial para o bom andamento da obra. 

Mas, como fazer isso? A solução é mais simples do que parece e se chama “compactador de solo”. Essa ferramenta, também conhecida como “sapo”, é utilizado justamente para realizar o processo de preparo do terreno, ainda na primeira fase. 

Vamos conhecer mais sobre ele, seus principais tipos e usos. Acompanhe abaixo: 

O que é 

Com diversas nomenclaturas, como “sapo”, “sapo compactador”, “compactador de percussão” ou “sapinho”, o compactador de solo, como o próprio nome sugere, é um equipamento utilizado para compactar, comprimir ou adensar diversos tipos de solo. 

Esse processo é necessário para obter maior densidade do solo e resistência de capacidade de carga. Assim, uma vez que o terreno está compactado, há menor risco de ceder, danificando pisos e tubulações. 

O compactador pode ser utilizado nos mais variados tipos de terreno, como areia, saibro, terra, cascalho, entre outros locais que desejam receber uma estrutura acima. É usado principalmente em obras de fundação, aterros, áreas grandes que receberão um piso, valas, entre outros.

Características do Compactador de Solo

Antes de comprar ou alugar esse equipamento, não se esqueça de se atentar para as características de cada um. Confira abaixo as principais. 

Frequência

Para saber quantas vezes a sapata do conjunto de compactação se move de cima para baixo em um determinado período de tempo, observe a frequência do aparelho. No caso dos compactadores de solo utiliza-se a medida de golpes por minuto ou hertz.

Amplitude

Amplitude é o deslocamento vertical que a sapata efetua ao vibrar. Quanto maior a amplitude, maior vai ser a força de impacto. 

Caso a necessidade seja de compactar materiais mais densos, é necessário utilizar equipamentos com maior amplitude. No caso de materiais mais fáceis, deve-se utilizar equipamento com menor amplitude, o que evitará sobre compactação.

Massa/Peso vibrante: 

Essa característica nada mais é do que a soma do conjunto de peças que vibram durante o funcionamento. Quanto maior a massa, maior o poder de compactação.

Principais Tipos de Compactador de Solo

De modo geral, no mercado existem dois tipos de compactadores de solo: elétrico ou à gasolina. Vamos conhecê-los e saber as principais diferenças. 

Compactador Elétrico 

Um dos mais procurados no mercado, esse tipo une praticidade e versatilidade. É indicado para áreas maiores. Mas apesar disso, ele tem uma forte desvantagem: não é possível usá-lo em locais que não possuem energia elétrica. Além disso, o fio de energia é um limitador. 

Compactador à Gasolina

Geralmente mais potentes, eles são mais adequados para usos não prolongados. São mais intensos e exigem menos esforço físico do operador. Por não depender de energia elétrica, é possível usá-lo em qualquer lugar. 

Principais Usos do Compactador de Solo

Como dissemos acima, os compactadores podem ser utilizados em qualquer terreno que precise ser nivelado. Capaz de alinhar perfeitamente um local que receberá uma camada de concreto, é muito comum nos deparamos com eles em obras da construção civil. 

Mas, além disso, esses equipamentos também são usados na pavimentação de ruas, avenidas e estradas para que haja um bom nivelamento daquele solo. Esse nivelamento promove melhor performance. Assim, a circulação de pessoas ou de veículos, ou ainda o assentamento de cimentos, se torna mais seguro.

É importante lembrar que um terreno compactado previne que o acúmulo de água e facilita seu escoamento. Este procedimento possibilita que o solo se torne mais homogêneo, aumentando assim sua resistência.

Placas Vibratórias X Compactador de Solo

Muitas pessoas confundem esses dois equipamentos. Mas, apesar de parecidos, eles possuem diferenças em suas utilidades. 

As placas vibratórias são movidas à gasolina e mais utilizadas para realizar trabalhos de compactação de pouca profundidade. Por exemplo, trechos curtos em vias de asfalto. Sendo mais leves, seu impacto sobre o solo é menor. 

Usadas principalmente em locais onde o uso do rolo compactador é inviável, seja pela distância ou complexidade do trabalho. A principal diferença frente ao compactador de solo é a força do impacto que exercem em cada ponto do solo. O compactador, obviamente, é mais potente. 

Dicas de Utilização

Assim como outras ferramentas elétricas, são necessários alguns cuidados ao utilizar os compactadores. Não se esqueça de utilizar sempre os equipamentos de proteção individual, como protetor auricular, óculos de segurança, avental e máscara. Mas, além disso, também é importante tomar alguns cuidados extras. Veja abaixo: 

Dica 1

O aprofundamento máximo não deve exceder 30 cm de terra, e caso seja maior, a compactação deverá ser realizada por etapas. Além disso, a umidade é muito importante para qualquer compactação cujo objetivo é a efetividade máxima que o equipamento disponibiliza, portanto não se esqueça de jogar água no solo ao compactá-lo.

Dica 2 

Caso opte por um compactador à gasolina, não se esqueça de abastecê-lo apenas quando estiver desligado e frio. Assim, o aparelho não será danificado. A energia gerada pela gasolina é transmitida para o sistema de embreagem interligado a um pinhão e engrenado a uma coroa. Então assim, a biela é engatada e gera o movimento de sobe e desce, provocando o impacto no solo. 

Dica 3

O compactador de solo deve ser operado apenas por pessoas treinadas e que tenham conhecimento de suas funcionalidades. Dessa forma, evitam-se lesões ao operador e danos ao equipamento. 

Caso o equipamento seja seu, não se esqueça de realizar a manutenção correta, fazendo algumas checagens como nível de óleo, do combustível e da sujeira no filtro de ar. Se necessário, limpe e efetue a troca. Além disso, nos manuais de operação do fabricante também são informadas as manutenções.  

Aluguel de Compactador de Solo

Sabemos que nem todo mundo tem a necessidade constante de utilizar o compactor. Por isso, é interessante avaliar a possibilidade de alugar, em vez de adquirir um equipamento totalmente novo. 

Como explicamos em um nossos artigos, clique aqui para ler, o aluguel de ferramentas pode trazer muitos benefícios. Entre eles, mais praticidade à obra, menos esforço físico da equipe e mais segurança. Além de ser uma possibilidade de diversificar ou melhorar o serviço prestado e, é claro, de otimizar o tempo investido para a obra ou reforma. 

Lembre-se de levar em consideração que, ao optar pelo aluguel de um compactador de solo, você estará investindo em um equipamento para realmente usá-lo. Diferentemente de quando opta-se pela compra de um novo, você não precisará deixá-lo meses guardada, correndo risco de sofrer desgastes por má preservação sem nem mesmo ter sido aproveitado o suficiente para se pagar. 

Viu? O aluguel desse equipamento é a solução perfeita para você! Não se esqueça de passar na Brasmetal e tenha acesso aos melhores preços e equipamentos do mercado! 

Gostou do nosso artigo? Acesse também nosso blog e veja mais conteúdo como esse! 

Visite nosso site e alugue já sua lixadeira elétrica, clique aqui. Contamos com atendimento virtual personalizado! Conheça também nossas redes sociais 🙂 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *