Dicas de Obra

Aprenda como controlar os custos da obra

Dicas para controlar os custos da obra

Você perde noites pensando em como calcular os custos da obra onde vai trabalhar? Grandes projetos de construção representam um investimento pesado. Mas, às vezes podem surgir complicações ou eventos imprevistos que não foram considerados no orçamento inicial e isso pode afetar o tempo de conclusão. 

E isso não apenas prejudica o cliente, mas também pode envolver a empresa de construção, se ela não tiver um sistema adequado para gerenciar corretamente os custos do projeto. 

Para que você não fique surpreso e possa controlar perfeitamente os custos durante uma obra, veja a seguir algumas dicas práticas. Dessa forma, vai aprender a controlar os custos da obra de maneira simples e eficiente. Vem com a gente!

Viabilidade do trabalho

Antes de iniciar qualquer construção, deve ser elaborado um plano de negócios. Esse plano deve projetar claramente seu investimento em termos de permissões, materiais a serem utilizados, salários, seguros e apólices, colaboradores e supervisores de campo, duração dos trabalhos, entre outros aspectos. 

Uma vez definido, você deve incluir qual será a lucratividade que o projeto gerará. Isso porque, em todos os negócios você busca um retorno final do investimento e não acaba com perdas econômicas devido a cálculos incorretos.

Inovação e otimização nos custos da obra

No mercado da construção, existem diferentes materiais, por exemplo: madeira, gesso, laje, fibrocimento, granalha e concreto estrutural, entre outros. Portanto, é importante definir a operação que seu projeto terá e, assim, preparar a lista de suprimentos necessários. 

Além disso, o uso de recursos mensurados é uma regra básica na construção. Isso porque, se houver escassez que gerará outra despesa na compra de material novo, enquanto houver excesso de seguro, parte do investimento inicial será perdida. Com certeza isso influenciará nos custos da obra. 

Outra ponto a considerar nos custos da obra: flutuação de preços

Aço, ferro e cimento são três das matérias-primas mais importantes do setor. Por isso, a flutuação de preços nesses recursos pode alterar o orçamento estabelecido. Dessa forma, faça um controle de custo completo, para que o projeto possa absorver essas variações e você não precise transferi-las para o usuário final.

Papelada

Se você está prestes a construir uma obra, inicie o processo de licenciamento necessário para o sua construção com antecedência. Assim, verifique se possui todos os documentos solicitados, pois o capital investido é alto e, devido ao atraso na entrega isso pode gerar ainda mais despesas. Assim, evita aumentar ainda mais os custos da obra.

Qualidade nos materiais

Não necessariamente quando um material tem um preço baixo, isso significa que ele é ruim. No entanto, não sacrifique a qualidade do seu projeto para manter os custos baixos. A vida útil da estrutura do seu trabalho dependerá da construção com os melhores recursos. Assim, no caso de optar por baixa qualidade, a longo prazo as consequências econômicas serão maiores. 

Faça uso da tecnologia

A tecnologia se tornou uma grande aliada nos dias de hoje para muita gente, e não é diferente da construção civil. Atualmente,você encontra diversos aplicativos que contam com sistemas para melhorar toda a gestão da construção, e consequentemente os custos da obra. 

Conclusão sobre os custos da obra

Com essas dicas práticas, controlar os custos da construção pode se tornar algo mais eficiente, e assim, evitar transtornos ou surpresas com gastos excessivos. 

Gostou do nosso artigo? Acesse também nosso blog e veja mais conteúdo como esse!

Visite nosso site e alugue já seus equipamentos, clicando aqui. Contamos com atendimento virtual personalizado! Conheça também nossas redes sociais 🙂

 

Related Posts