Aluguel de equipamentos

Conheça o mini guia da inversora de solda

mini-guia-inversora-de-solda-brasmetal-equipamentos

Neste artigo, vamos apresentar uma breve, mas completa, abordagem com as informações essências sobre a máquina inversora de solda. Para que seja possível uma visão ampla de sua estrutura interna, seu funcionamento e as vantagens para o operador.

Contudo, antes de mais nada, uma também breve definição geral, nos será útil. Então, o que é a máquina inversora de solda? Ela consiste numa evolução da máquina tradicional. 

Bem menor e mais leve que sua antecessora ela ampliou as possibilidades de uso ao converter correntes elétricas alternadas em correntes contínuas. O que, juntamente ao seu tamanho compacto, expandiu a performance de soldagem para eletrodos diversos, em ambientes e objetos diversos.

POR DENTRO DA MÁQUINA

Para conhece-la melhor, vamos adentrar em seu interior. Assim, perceberemos novos componentes além do já reconhecido transformador. O que nos permite entender que a evolução que ela trouxe se deve ao modo como aliou esses componentes para a produção de uma nova tecnologia.

Encontra-se no interior da inversora de solda:

  • Capacitor;
  • Indutor;
  • Transformador;
  • Diodos;
  • Placas primária e secundária;
  • IGBT; e 
  • Ventilador de alta vasão.

 Obviamente, o usuário precisa se atentar a qualidade presente nos componentes da máquina. Pois é o adequado alinhamento de todos eles, bem como do desempenho e funcionamento individual, que garante a qualidade da solda e a durabilidade do aparelho.

INVERSORA DE SOLDA: TECNOLOGIA ELETRÔNICA

Amplamente chamada de “computador da soldagem” pelos especialistas, ela apresenta uma complexa utilização de energia para o funcionamento. Desse modo, ela consome menos energia que a máquina convencional, apresentando resultados superiores.

Como isso ocorre? Através da conversão da rede elétrica alternada em contínua. Desse modo, a qualidade da solda e seu acabamento superam o resultado alcançado pelas máquinas convencionais, que não detém essa tecnologia.

INVERSOR VERSUS TRANSFORMADOR

Nos tópicos anteriores nos pareceu inevitável um teor comparativo, uma vez que a maioria dos profissionais conhece melhor a máquina tradicional. Assim, para compreender os novos componentes e funcionamentos, se mostrou indispensável que o apresentássemos por contraste.

Nesta seção em particular, apresentamos as principais diferenças entre o inversor e o transformador de solda:

  • Peso: diferença média de 12kg entre a transformadora (em torno de 17kg) e a inversora (peso máximo aproximado de 5kg);
  • Fonte de energia: sem aumento da bitola, a inversora consegue trabalhar com até 30m de extensão sem perca de qualidade; 
  • Gastos de energia: enquanto a transformadora consome 40A de energia durante o trabalho, a inversora não supera 17A;
  • Eficácia: o transformador apenas solda eletrodos 6013, enquanto a inversora, além deste, solda o 7018, ferro fundido, inox, eletrodo de alumínio etc.; e
  • Tempo de funcionamento: geralmente as inversoras aceitam longas jornadas de trabalho, enquanto a transformadora exige pausas periódicas.

VANTAGENS DA INVERSORA DE SOLDA

Desde o início da leitura, já procuramos divisar as vantagens da inversora de solda. Contudo, não fará mal torna-las evidentes. 

O avanço tecnológico, em todos os ramos e setores do conhecimento, almeja sempre a facilitação de trabalhos e comodidade aos operadores. O que pode ser verificado no campo da medicina, engenharia etc. 

Fato semelhante ocorre no ramo de maquinários. O que significa dizer que a inversora de solda surgiu exatamente para 1) trazer praticidade ao trabalho do operador e 2) qualidade e durabilidade ao serviço executado.

A versatilidade de aplicação da máquina é demonstração das vantagens obtidas. Do mesmo modo, há aumento do ciclo de trabalho e alta performance para realização de soldas em materiais diversos.

Expansão da produtividade obtida. Benefícios para o cliente (que consegue serviço de boa qualidade em um curto período de tempo) e para o operador (que acelera o trabalho, consequentemente a renda obtida).

Por fim, não podemos deixar de salientar a aplicabilidade da inversora de solda em usos variados dentro da indústria de maquinários e fundações. Certamente, as vantagens para o setor se expandirão nos próximos anos.

Gostou do nosso artigo? Acesse também nosso blog e veja mais conteúdo como esse! E não deixe de alugar suas máquinas e ferramentas com a gente! Somos especialistas no mercado e estamos prontos para te atender!

Visite nosso site e alugue já seus equipamentos, clicando aqui.  Além disso, também contamos com atendimento virtual personalizado! Conheça também nossas redes sociais ?

 

Back to list

Related Posts